Como atrair sua alma gêmea | Parte 1:

Texto adaptado de ensinamentos de André Lima, Chico Xavier, Luiz Antônio Gasparetto, Amy Waterman, Iyanla Vanzant, Katherine Thomas, Marie Forleo e Vivian Weyrich:

Um homem pergunta ao amigo por que este nunca se casou. O amigo suspira e responde que passou a vida procurando pela mulher perfeita.
– “E você nunca a encontrou?”, perguntou o homem.
O amigo respondeu: – “Encontrei sim. Mas acontece que ela estava procurando pelo homem perfeito.”

Dicas para atrair sua alma gêmea:

1 – Acabe com a carência. Quando estamos nos perguntando por que não temos mais amor em nossas vidas, o ideal é passar a considerar mais maneiras de dar amor aos outros. Esperar que um relacionamento transforme magicamente a sua vida e resolva seus problemas é uma receita infalível de tristeza e solidão, pois torna você uma pessoa carente e a carência é um verdadeiro balde de água fria no amor.

2 – Mude sua perspectiva. Nossa cultura nos condiciona a acreditar que somos incompletos até que tenhamos um relacionamento. O desespero com que alguns de nós nos agarramos ao amor é algo que um relacionamento não consegue suportar. Uma destas duas coisas inevitavelmente vai acontecer: ou a pessoa vai sumir de nossa vida (apesar das boas intenções iniciais de nos salvar) ou vai ficar e afundar conosco. De qualquer maneira, nossa intenção de criar um relacionamento saudável e seguro terá falhado. Entenda que você não deve esperar até encontrar alguém: você já é alguém! Colocar-se em primeiro lugar significa que você investe tanto tempo no seu autodesenvolvimento quanto na tentativa de encontrar alguém. Se colocamos a busca por um parceiro como a coisa mais importante, acabamos perdendo a nós mesmos.

3 – Entenda o passado. Você pode culpar os outros e apontar tudo de errado que fizeram com você – mas até que você se dê conta de como se tornou um convite para maus tratos, vai atrair mais relacionamentos com pessoas que vão tratar você da mesma forma ou ainda pior, mesmo que deseje a todo custo evitar isso. É necessário ficar em paz – mas sem tentar esquecer o que passou, pois para isso você terá que sofrer de amnésia. O entendimento permite lembrar das coisas que aconteceram sem sofrimento algum. O sentimento é curado e o que fica é apenas o aprendizado das experiências e o seu crescimento. Uma boa maneira para entender e curar o passado é a consulta aos registros akáshicos.

4 – Elimine a ansiedade. A ansiedade vem do fato de exigirmos que a vida nos dê o que queremos e da forma que queremos. Toda vez que a ansiedade reclama da demora nos acontecimentos é sinal de que ainda estamos em processo de autodescoberta e aperfeiçoamento. Por isso é tão necessário buscar sempre o autoconhecimento, pois ele é a chave para encontrar paz interior, alegria, prosperidade e amor. Uma boa maneira de buscar o autoconhecimento (principalmente na área de relacionamentos) é o tarô terapêutico para relacionamentos.

5 – Pare de julgar. A realidade é muito mais complexa do que a nossa mente é capaz de entender. Quando você vê o comportamento de alguém, você está apenas enxergando um pequeno fragmento da realidade. Para tudo que acontece existe uma rede de acontecimentos, fatos, experiências e heranças ancestrais. Você também não sabe por que agiu de certa forma em muitas situações nas quais fez escolhas e tomou atitudes que não foram as melhores. Se não temos a capacidade de entender a realidade, não podemos julgar. Uma boa maneira de compreender isso é com a cura do campo ancestral.

6 – Respeite as pessoas. Não podemos fazer com que alguém nos ame do jeito que queremos. Frequentemente as pessoas pelas quais nos sentimos atraídas estão seguindo outro caminho. Você pode amar alguém profundamente, mas tem que aceitar que esta pessoa pode não trilhar necessariamente o mesmo caminho que você. Permita que as pessoas trilhem o caminho que escolheram e ame-as assim mesmo. Todos têm direito às suas próprias experiências. Aprenda a ouvir. Aprenda a perdoar. Aprenda a renunciar. Renunciar não é se render: é desistir do que não estão funcionando.

7 – Respeite as leis do universo. Amor não é troca, não é mercadoria, não é cobrança. O outro não lhe deve nada só porque você o ama. O amor é seu, o sentimento é seu e não do outro. Quando espera que o outro supra suas carências, você não está amando verdadeiramente: você está usando o outro. O que fazemos pode mudar nosso destino, por isso quem tenta controlar o livre-arbítrio das outras pessoas e faz “tudo” para conquistar alguém passa a vida em solidão e desespero, mesmo que esteja destinado a viver um grande amor – simplesmente como resultado de suas ações. A natureza do universo é que ele está sempre se expandindo, mudando e crescendo. Quando você para de controlar o amor, você cria espaço para ele viver e florescer.

O amor é algo que você dá, não algo que você pede. – Rodrigo García

Como atrair sua alma gêmea | Parte 2: 

Texto adaptado do livro Calling in “the one”, de Katherine Woodwad Thomas:

Eu decidi dedicar minha vida a cultivar a habilidade de dar e receber amor. Eu não queria mais que minha vida fosse cheia de frustração e raiva porque eu não tinha o que queria. Então eu fiz a escolha de amar a mim mesma e a todos que Deus colocasse em meu caminho, da melhor maneira possível. Hoje vejo que esta maneira de viver me ajudou a superar todos os problemas que eu tinha e todas as dúvidas sobre minha habilidade de ter o que eu desejava na vida. Eu havia feito uma lista de todas as coisas que eu queria em um marido: amável, espiritualizado, feliz, etc. Mas eu mesma não era assim, e provavelmente me sentiria intimidada de namorar alguém com todas estas qualidades. É por isso que sempre devemos começar com nós mesmos: porque estas listas que fazemos geralmente são a visão que temos de uma pessoa com uma ótima vida. Nunca vi alguém fazer uma lista desejando um marido deprimido, pobre, ranzinza e mau. É claro que sempre queremos alguém ótimo!

E sabe quem fica com as pessoas ótimas?

Outras pessoas ótimas.

Ao contrário do que se diz por aí, as boas pessoas não estão todas comprometidas. Elas estão apenas esperando alguém tão bom quanto elas!

Então é melhor você gastar as suas energias tornando-se uma ótima pessoa em vez de gastar tempo reclamando da vida e julgando se as pessoas que têm o que você deseja merecem isso ou não. Declare a Deus a sua intenção de que Ele mande um grande amor para a sua vida, e prepare-se para isso. Livre-se de tudo e de todos que não mais lhe servem. Expanda a sua habilidade de dar e receber amor. E tenha paciência. Assim como o jardineiro que plantou suas flores não passa o dia ajoelhado na terra puxando as plantas para que elas cresçam mais rápido, espere.

Exercício da lista: faça uma lista de todas as qualidades que você deseja em um parceiro. Quando acabar a lista, escolha as cinco qualidades mais importantes. Prometa a si mesmo que vai se aproximar de pessoas que tenham estas qualidades e se afastar das que não tenham. E para cada qualidade prometa a si mesmo que você vai fazer todo o possível para desenvolver e cultivar esta qualidade em você mesmo. Por exemplo, se uma qualidade for “espiritualizado”, faça uma promessa de priorizar o seu crescimento espiritual todos os dias. Se uma qualidade for “bem-humorado”, diga a si mesmo que vai procurar o lado engraçado em qualquer situação, vai aprender a rir de si mesmo e vai divertir-se todos os dias. Se uma qualidade for “culto”, prometa que vai ler a aprender algo novo a cada dia.

“Quando o amor não está em nossas vidas, ele está a caminho. Se você sabe que vai receber uma visita especial às 17h, você passa o dia bagunçando a casa? Claro que não. Você se prepara. E é isso que devemos fazer para o amor.” – Marianne Williamson


Dicas de terapias para sintonizar a vibração de bons relacionamentos


creme-frequencial

gel-frequencial

Página inicial do site

Anúncios