download

Resumo do livro Aprendendo a gostar de si mesmo, de Louise Hay:

1 – Não se critique. Aceite-se como você é para então promover as mudanças que deseja.

2 – Não se deixe assustar. Toda vez que um pensamento negativo vier à sua mente, mude-o para uma imagem ou afirmação positiva.

3 – Seja amável, gentil e paciente. Trate-se com a mesma gentileza e carinho com que trataria uma pessoa querida. E tenha paciência para esperar que os resultados apareçam.

4 – Pense com bondade a seu respeito. Isso significa fazer cessar toda censura, culpa, punição e dor, e responder a si mesmo e à vida com aceitação, compreensão e carinho.

5 – Relaxe. Feche os olhos, respire fundo e libere conscientemente todas as tensões que está carregando. Solte o corpo e afirme “Eu te amo, está tudo bem.”

6 – Medite e visualize. A meditação cria um espaço em que podemos nos acalmar para ouvir nosso eu mais profundo. Pare e pense no que você deseja para sua vida, fazendo visualizações positivas.

7 – Elogie-se. A crítica destrói a autoestima; o elogio a levanta. Elogie-se o mais que puder.

8 – Apoie-se. Procure meios de ajuda. Peça a ajuda de amigos, grupos, terapias, etc. A única coisa que você não pode fazer é isolar-se ou tentar resolver tudo sozinho.

9 – Tenha carinho com o negativo. Para se libertar de um velho padrão pouco amoroso, faça-o com amor. Dessa forma abre-se um espaço onde entram os novos padrões e a mudança se dará suavemente.

10 – Cuide do seu corpo. Procure o que for melhor para o seu corpo em termos de alimentação, exercícios, etc. Invista em medidas que lhe dão energia e contribuem para seu amor-próprio.

11 – Faça o exercício do espelho. Olhe dentro dos seus olhos no espelho e diga: “Eu te amo. Eu perdoo você. Eu te amo de verdade.”

12 – Elabore um conjunto de crenças que auxiliem a sua vida. E sempre que puder, faça uma imagem mental da vida que você deseja.


creme-frequencial

gel-frequencial

Página inicial do site

Anúncios